FANDOM


Cozinha Museu Estremoz

No início da década de 70 do século XX a Câmara Municipal de Estremoz adquire mobiliário, peças decorativas e utilitárias, bem como Arte Sacra para reconstituição de uma Casa Típica Alentejana no Museu Municipal de Estremoz. A quase totalidade das peças que compõe esta parte da exposição permanente deste Museu, ilustrativa do modo de viver alentejano, é oriunda deste antiquário, o que demonstra bem a qualidade que este casa de antiguidades tinha.

A escolha das peças e a sua disposição no espaço foi estudada ao pormenor e é um trabalho conjunto de José Antunes Chambel, Joaquim José Vermelho, Dr. Luís Rosado (presidente da Câmara na altura), e sabemos, também, que José Régio teve igualmente alguma participação na definição da exposição.

Para completar a exposição, sem mais despesas para a Câmara Municipal de Estremoz, algumas das peças foram doadas por Chambel ao Museu.