FANDOM


Cristo em Oratório - foto de Jose Cartaxo

Os Oratorios são o relicário do lar, testemunhos de devoções particulares, principalmente das dona de casa. Temos bons exemplares no Museu Municipal de Estremoz, de Oratórios populares, pintados ao modo alentejano, e um, onde temos o Ecce Homo (Cristo da Cana Verde), com os Passos de Cristo, uma pintura certamente regional, provavelmente do séc. XVIII. José Saramago refere esta peça na obra Viagem a Portugal, dizendo o seguinte:

O Ecce Homo de Estremoz comove por ser uma representação do divino ou um íntimo retrato do humano?

Esta Imagem é de proveniência desconhecida, não sendo originalmente parte integrante do Oratório onde está presentemente, apenas para efeito de exposição. Aliás, todas as Imagens que temos expostas em Oratórios, não pertencem aos mesmos. Ao contrário dos Oratórios feitos em nicho, estes facilmente eram transportáveis em qualquer mudança, ou mesmo em viagens mais prolongadas.

Uma velinha de cera, uma candeia de azeite ou um candeeiro de cobre de três bicos, estava em permanência aceso, principalmente nas épocas de maior aflição familiar.